3 dicas para pais de primeira viagem

3 dicas para pais de primeira viagem

A chegada do primeiro filho é algo imenso, incrível e bagunçado ao mesmo tempo! Tudo é novo e, às vezes, o novo assusta, pois é desconhecido.

Com a vivência e o passar dos dias e meses, tudo vai se ajeitando e os desafios mudando. Claro que ser pai de primeira viagem nunca será uma tarefa fácil, a única diferença é que com a prática, mesmo a tarefa sendo difícil, você ganhará experiência e construirá estratégias para facilitar a vida.

Pensando nisso, para ajudar nessa fase inicial – a mais bagunçada de todas – preparamos 3 dicas para pais de primeira viagem. Elas são essenciais para você,  pai de primeira viagem, saber como agir em determinadas situações.

Prontos? Então confira a seguir 3 dicas para pais de primeira viagem:

Converse diariamente com seu(sua) filho(a)

Um pai de primeira viagem pode ficar um pouco confuso em descobrir qual o melhor momento para começar a conversar com a criança. O ato de conversar com seu filho não é algo dedicado unicamente ao período em que eles já estão maiores, essa atividade é indicada desde que o bebê ainda está na barriga.

Quando a criança ainda está na fase de bebê, ela aprende a reconhecer os cheiros, vozes, e mais detalhes de cada membro de sua família, portanto, não apenas o contato, mas a conversa, são de extrema importância na formação de identidade, família e reconhecimento na cabecinha do pequeno ou da pequena.

Converse com seu filho diariamente e não apenas quando ele precisar. Converse com ele desde a barriga e conte historinhas para ele dormir assim que nascer. Esse tipo de atividade criará um vínculo ainda mais especial entre pai e filho(a).

Cuide das visitas para que mãe e bebê possam descansar

Com a chegada de seu primeiro filho, muitas pessoas vão se intrometer na sua vida e rotina. Aquelas pessoas com mais experiência vão se achar no direito de dar algumas dicas não solicitadas. Muitos ficarão ansiosos para lhe fazer uma visita, ou melhor, visitar o bebê. Você pode e deve controlar e restringir essas visitas e horários, pelo menos no primeiro mês.

O primeiro mês é o período de adaptação para todos. A mãe e o bebê estarão cansados, e você vai precisar fazer sala para essas visitas. Não deixe a mãe esgotada e sozinha fazendo companhia para as visitas. É necessário também informá-las que a mãe e o bebê precisam descansar.

Faça parte do processo de alimentação

Quando um filho nasce, existe uma sintonia muito forte entre mãe e bebê. Principalmente por causa da amamentação. O olhar materno é algo incrível de se ver. Esta relação entre a mãe e o bebê é indescritível, e você não precisa ficar de fora desse momento!

Alguns pais de primeira viagem acreditam que o momento da amamentação é apenas da mãe com o bebê, mas isso não é verdade! Você pode até não amamentar, mas existem formas de participar e até ajudar a mamãe nesse momento.

Você pode, por exemplo, segurar o bebê no colo e colocá-lo para arrotar quando terminar a amamentação (independente da hora do dia). Na madrugada, quando o bebê acordar com fome, levante, pegue-o e entregue à mãe. É nos detalhes que você fortalece o vínculo com seu filho. Caso seu filho não mame no peito, você pode preparar a fórmula e dar a ele. Garantimos que vai ficar apaixonado por tudo isso, seu amor e sintonia com a criança só vão aumentar. 

Você é pai de primeira viagem? Então confira os demais conteúdos disponíveis aqui no blog, com certeza nossas dicas irão ajudar você nessa fase tão linda e tão atarefada!

E não deixe de acessar o site da Blue Infantis, lá temos diversas opções de sapatos, desde botas infantis femininas até sandálias infantis masculinas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.